sexta-feira, 10 de maio de 2013

Club Silencio apresenta: Nosferatu, eine Symphonie des Grauens







Para os amigos simplesmente Nosferatu, realizado por F. W. Murnau e protagonizado pelo sinistro senhor Max Schreck (Willem Dafoe interpretou-o em A Sombra do Vampiro (2000), de E. Elias Merhige, um filme cujo enredo se centra na rodagem de Nosferatu). A obra de Murnau é a adaptação não autorizada do romance Drácula, de Bram Stoker - pois, na altura o livro ainda tinha direitos de autor e não conseguiram o financiamento para os pagar à viúva de Stoker - e, por isso, o conde é Orlok e não Drácula. É uma opção óbvia para abrir a rubrica Club Silencio, mas aqui gosta-se do Nosferatu. E de terror em geral.